Pesquisar este blog

DESTAQUE

A CIÊNCIA DO ERRO | Sobre Verdades, Veracidade e Realidade Objetiva - Parte 1: Uma resposta a Marcelo Gleiser

A CIÊNCIA DO ERRO Sobre Verdades, Veracidade e Realidade Objetiva Parte 1:   Uma resposta a Marcelo Gleiser Dedicado ao me...

segunda-feira, 30 de março de 2020

URGENTE COVID-19: SEM ISOLAMENTO TERÍAMOS 40 MILHÕES DE MORTOS



Segundo publicação da prestigiosa organização de divulgação científica, a NATURE, o Covid-19 poderia ter matado 40 milhões de seres humanos sem a resposta global emergencial contra a propagação da pandemia.
90% da população do mundo poderia ter sido infectada, e 40,6 milhões de pessoas poderiam ter vindo à óbito, se não fossem adotadas medidas de mitigação para combatê-la, segundo estimativas de um respeitado grupo de especialistas em modelos analíticos e estatísticos do Imperial College de Londres - onde também tive o prazer de estudar.
O relatório "COVID-19 Response Team" do Imperial College, publicado em 26 de março, destaca a importância de agir cedo para suprimir o surto. A análise diz que a introdução de distanciamento social, teste e isolamento de pessoas infectadas reduziria as mortes em todo o mundo para 1,9 milhão, se realizada quando a taxa de mortalidade de cada país é de 0,2 por 100.000 pessoas por semana. A implementação dessas medidas somente quando a taxa de mortalidade chega a 1,6 por 100.000 pessoas por semana leva a 10,5 milhões de vidas perdidas em todo o mundo, segundo ele.
Ainda, e de acordo com a análise da Nature sobre as taxas de mortalidade, "Our World in Data", contando todos os dias no centro de uma janela semanal de mortes, a Itália atingiu o limite de 0,2 entre 2 a 3 de março, o Reino Unido em 17 de março e os Estados Unidos em 22 de março.
O relatório não quantificou o impacto social e econômico de tais políticas.
A análise foi publicada no mesmo dia em que o primeiro-ministro do Reino Unido Boris Johnson e o ministro da saúde do país, Matt Hancock, testaram positivo para o coronavírus. Em um vídeo em cadeia nacional, Johnson disse que tinha apenas sintomas leves e continuaria a trabalhar remotamente enquanto se isolava por 7 dias.
O número de casos confirmados de COVID-19 em todo o mundo ultrapassou 500.000 em 26 de março, segundo estatísticas compiladas pelo Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland. Atualmente, a pandemia abrange 175 países e todos os continentes habitados.
Até o final do dia 26 de março, os Estados Unidos haviam ultrapassado a China pelo maior número de casos confirmados. A Itália também está pronta para superar a China nos próximos dias. A Itália e a Espanha agora têm os dois maiores números de mortos, com a Itália respondendo por mais de um terço do total global.
O COVID-19 matou quase 23.000 pessoas. Mais de 120.000 se recuperaram da doença.
NÃO CÚMPLICES DE UM HUMANICÍDIO, POR IGNORÂNCIA...
Ignorância mata, e mata muito, ao longo de toda a história. Conhecimento salva vidas. Não pense que a sua irresponsabilidade veiculando mentiras, o minimizando esta pandemia, não contribui para o alastramento deste mal. A contaminação viral da ignorância não pode ser detida. Se está em isolamento, e agradeço, seja coerente em suas publicações.
Não existem mitos, e a natureza vive demonstrando isso. Sem Ciência a mortalidade seria como em outros tempos... vitoriosa. Estamos diante de uma quebra de paradigmas, com muitas lições a serem aprendidas enquanto a Ciência trabalha, os dados são computados, os modelos funcionam, a Biologia Molecular avança... os hospitais estão abertos, e as igrejas fechadas.
Seja honesto quanto ao combate contra a corrupção, mas seja honesto em seus conceitos e palavras... alinhando o que pensa, diz e faz. Seja íntegro, ético, ao apenas pense um pouco mais.
Sigam as orientações, salve sua vida, e não leve o vírus para a sua casa, nem para a minha... Podemos ressuscitar a economia, mas nunca foi e nunca será possível ressuscitar os mortos. A vida é o maior patrimônio, e cada vida importa.
Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.